Home  /  Marketing  /  8 tipos de conteúdo para geração de leads

8 tipos de conteúdo para geração de leads

por DNA de Vendas 2 meses atrás
tipos de conteúdo geração de leads

O conteúdo para a geração de leads é a grande bola da vez. E não é à toa.

Ele tem o poder de atrair o perfil de pessoas desejado para perto da sua empresa, posicioná-la como referência e, claro, tornar o processo de vendas mais qualificado.

De acordo com dados da Content Trends, as empresas que adotam o Marketing de Conteúdo geram 5 mais vezes leads em relação àquelas que ainda não abraçaram essa estratégia.

No entanto, é importante ter em mente que a geração de conteúdo precisa ser diferenciada e adequada às personas do negócio. Afinal, muito mais do que quantidade de leads, é preciso focar em estratégias que tragam resultados de qualidade.

Pensando nisso, criamos uma lista que vai ajudá-lo a criar conteúdo para a geração de leads e otimizar as suas estratégias de Inbound Marketing. Confira:

1. Ebooks

Os ebooks são, atualmente, um dos formatos de conteúdos mais populares para captar leads. Por trazerem informações mais aprofundadas do que posts de blogs, eles são excelentes para educar potenciais clientes e conquistar autoridade.

Normalmente, eles são disponibilizados em formato de um arquivo e PDF e devem contar com imagens ilustrativas e uma diagramação que facilite a leitura. Além de um conteúdo exclusivo e interessante, claro.

É fundamental que o ebook esteja alinhado à proposta da sua empresa. Ou seja, se você possui uma loja virtual que vende sapatos, o ebook precisa abordar temas relacionados ao universo da moda. Além de considerar os interesses e o estilo de vida da persona.

Uma boa ideia, nesse caso, seriam dicas de looks para o trabalho ou para eventos mais formais.

2. Webinars

O webinar é um tipo de conferência na internet em que a sua empresa fala sobre um tema para os expectadores. Nesse formato, não é comum permitir a participação de quem está assistindo, no entanto, você pode abrir uma exceção para aumentar o engajamento.

Realizar um webinar é uma oportunidade para esclarecer temas mais complexos ou, até mesmo, apresentar as soluções e produtos da sua empresa.

Vale dizer, porém, que essa não é uma tarefa fácil. É preciso muito planejamento para realizá-lo, uma vez que ele vai demandar uma boa conexão, câmeras, microfones e espaço.

Além disso, é preciso divulgar o webinar de maneira eficaz para que as pessoas participem. Afinal, de nada vai adiantar organizar toda essa estrutura para poucas pessoas assistirem.

3. Whitepapers

Os whitepapers são bastante diferentes de ebooks, apesar de ambos os materiais normalmente serem disponibilizados em um arquivo de PDF.

Enquanto os ebooks são mais informais e contam com uma diagramação descontraída, os whitepapers apresentam temas aprofundados e são bastante relacionados aos conteúdos acadêmicos.

Esses materiais devem apresentar um problema e, então, detalhar as soluções para resolvê-lo. E é exatamente por isso que as pessoas costumam acessar a esse tipo de material, afinal, eles são bastante detalhados e tratam de temas com muita autoridade.

Mas não se engane ao achar que apenas mercados mais complexos podem trabalhar com whitepapers. Qualquer indústria pode se aprofundar mais em um assunto específico para captar leads altamente qualificados.

4. Infográficos

Os infográficos são representações visuais que têm como objetivo explicar sobre um assunto ao leitor. Eles unem textos curtos com imagens, tornando a leitura muito mais fácil e prazerosa.

Esse é um excelente tipo de conteúdo para geração de leads, pois é fácil de fazer, pode ser usado por todas as empresas e é muito atrativo para os leitores.

Você pode usar infográficos para apresentar resultados de pesquisas, mostrar um passo a passo ou, até mesmo, explicar um tema um pouco mais complexo.

É importante sempre fazer um esboço do seu infográfico para que fique mais fácil organizar as ideias e, assim, adequá-las em blocos de textos e imagens.

5. Concursos

Sim, os concursos também são um tipo de conteúdo para a geração de leads! Além de serem excelentes iscas para captar contatos, eles permitem conhecer melhor a audiência da sua empresa nas redes sociais, por exemplo, e ainda aumentam o engajamento.

Vale dizer, no entanto, que é importante pensar em concursos que gerem um pouco de “trabalho” para as pessoas. Caso contrário, você pode acabar atraindo apenas aqueles que estão interessados em prêmios, e não no que a sua empresa têm a oferecer.

Nesse sentido, os concursos culturais são uma excelente opção para apresentar melhor os seus produtos ou serviços e ainda engajar as pessoas a participarem.


6. Documentos e templates

Esses materiais são bastante úteis e costumam atrair muitos interessados. Eles podem ser desde planilhas que facilitem o controle financeiro até templates de apresentações, por exemplo.

Para desenvolver esse material é importante ter em mente qual tipo de documento ou template seria valioso para a sua persona e que converse com a sua empresa.

Um exemplo seria uma consultoria de RH que disponibiliza um teste de gramática para as empresas aplicarem nos candidatos e avaliar os seus conhecimentos.

7. Testes grátis

Deixar que os leads experimentem o seu produto pode fazer toda a diferença para despertar o interesse e, claro, aumentar as vendas.

Os testes gratuitos são excelentes para isso, pois permitem com que as pessoas vejam na prática aquilo que a sua empresa tem a oferecer.

Vale a pena disponibilizar um tempo curto de testes, sem nenhum tipo de contrato ou pagamento antecipado, para que as pessoas tenham um contato maior com o produto e entendam melhor os seus diferenciais.

8. Tutoriais

Os tutoriais são excelentes tipos de conteúdo para explicar o funcionamento de produtos complexos, humanizar a marca e conquistar uma posição de autoridade no mercado.

Eles não precisam estar necessariamente atrelados aos produtos vendidos, afinal, nem todo os mercados trabalham com itens mais complexos e que precisam de explicações.

No entanto, é possível abordar outros temas que sejam alvo de dúvidas das personas para fazer links com o que é vendido.

Imagine uma marca que venda pincéis para maquiagem. Por que não criar tutoriais com truques para se produzir em casa?

Ou, então, uma loja virtual de brinquedos para crianças que pode ajudar os pais a montarem as casinhas de bonecas ou, até mesmo, apresentar ideias de atividades para realizar em casa com os filhos.

Dicas gerais para produzir conteúdo para a geração de leads

Agora que você já tem algumas ideias de tipos de materiais que podem ser criados para captar leads, é importante conhecer algumas dicas que vão ajudá-lo a divulgar e a aumentar o interesse por eles.

Landing pages e formulários de contato

Todos tipos de conteúdo para geração de leads devem ser disponibilizados por meio de uma landing page com um formulário de contato.

A landing page será a responsável por convencer as pessoas de que vale a pena acessar aquele conteúdo. Já o formulário de contato é quem vai receber os dados dos leads para, em seguida, disponibilizar o material.

É importante que a landing page seja atrativa, apresente as vantagens ou o que será aprendido no material e não possua nenhuma distração. Ou seja, nada de colocar todo o menu do seu site nela para que as pessoas se dispersem.

O formulário também não deve ser muito extenso para que as pessoas não fiquem com preguiça de preenchê-lo. Pegue apenas as informações mais importantes, como nome, e-mail e telefone.

CTAs

Os CTAs são chamadas para a ação desejada e, por mais básica que essa dica pareça, eles devem ser pensados com muita atenção.

Se você deseja que o lead faça o download do seu conteúdo, esse deve ser um pedido claro na landing page. Por isso, os CTAs (call-to-action) devem possuir cores atrativas e textos que despertem o interesse para que a ação seja tomada.

Divulgação e compartilhamento nas redes sociais

Além de promover os seus materiais por meio de e-mails, do site ou do blog da empresa e das redes sociais, é importante também dar ferramentas para que os próprios leads também compartilhem o conteúdo.

Deixar alguns botões de compartilhamento nas redes sociais na landing page ou na página de agradecimento da oferta faz toda a diferença para incentivar com que o conteúdo seja replicado.

Página de agradecimento

Depois que a pessoa preencher o formulário para ter acesso ao conteúdo, ela deve ser direcionada para uma página de obrigado.

Nessa página, você deve agradecer o interesse e disponibilizar o link para download do conteúdo ou, então, explicar que ele será enviado por e-mail.

A página de obrigado é importante pois ela permite apresentar conteúdos complementares ao lead e fazer com que ele se engaje ainda mais. Aqui, também é válido sugerir algumas áreas do site da sua empresa para aumentar as chances de a pessoa não o abandonar tão cedo.

Testes para otimizar

Por fim, não deixe de testar todos os elementos da sua landing page e os CTAs das ofertas conteúdo para geração de leads.

Faça pequenas mudanças nas cores, textos e posições dos elementos para entender o que traz mais resultado. Essas análises são fundamentais para captar mais leads e entender a fundo o comportamento das suas personas.

Para criar landing pages ainda mais efetivas e aumentar o poder de conversão da sua empresa, não deixe de baixar o nosso guia definitivo com dicas matadoras sobre o tema!

*Esse conteúdo foi produzido pela equipe da Rock Content.

Comments

comments

Categories:
  Marketing, Marketing
este artigo foi compartilhado 0 vezes
 000